Como tentar reduzir o bloqueio de spam nos seus newsletters

/ / Sem categoria

Segundo a minha experiência com newsletters e algumas pesquisas que fiz, não existe uma receita certa para que o email seja enviado e não caia na caixa de spam, mas algumas observações podem ser seguidas e fará com que se possa diminuir bastante a ocorrência.

Preparei algumas dicas que até são conhecidas mas vale a pena relembrar.

  1. Crie a sua própria lista de e-mails (sabemos que é bem difícil, principalmente em ações de marketing que visam novos clientes) manter um opt-in no próprio website ajuda muito que seus clientes recebam e aceitem seus emails.
  2. Ofereça uma opção de acessar o e-mail marketing já no início do e-mail (Caso não esteja visualizando essa imagem clique aqui) e linque ao html direto no servidor.
  3. Sempre finalize o e-mail marketing dando a opção para o usuário se descadastrar caso ele queira.
  4. Não compre lista de emails, você não tem como saber com exatidão quem será e de onde será seu público alvo! Incentive a cultura da publicidade contínua, com uma periodicidade correta, conquiste sua lista e ela será muito mais sadia e com certeza te dará muito mais retorno com bem menos verba.
  5. Procure uma boa ferramenta ou um serviço profissional para o disparo. Pesquise se a empresa tem um acompanhamento dos IP´s e como trata sua taxa de reclamações. Tenho trabalhado com a www.rdstation.com, www.mailchimp.com, www.e-goi.com e possuem um ótimo serviço.
  6. Experimentar novos serviços e comparar as análises de cada disparo pode auxiliar a melhorar a efetividade das suas campanhas.
  7. Evite algumas palavras tanto no assunto quanto no corpo do e-mail, ex: compre, promoção, mkt, marketing, confira, $$$, R$, adquira, clique, etc, essas palavras são facilmente detectadas pelas ferramentas de filtros de spam. Ahh, importante!!!!!!! Evite usar exclamações no subject e títulos!!!! e nunca use CAIXA ALTA.
  8. Não exagere nos envios. Eu costumo indicar a postagem semanal, não é agressiva. Caso demore para postar, tipo 1 mês, lembre o usuário do porque ele está na lista (você está recebendo esse email porque se cadastrou no website seunome.com.br)
  9. Aguce a curiosidade, conte uma história, seja divertido, nunca dê o conteúdo completo pelo e-mail mkt e sempre tenha uma página de lead bem clara e direta.
  10. Componha seu e-mail em html, utilizando várias imagens, se possível mescladas com textos. Nunca envie somente uma imagem em JPG, a chance diminui para 50% do seu e-mail ser lido.
  11. Não há como desligar o bloqueio automático de imagens, só o usuário pode fazê-lo adicionando seu e-mail à lista de contatos ou clicando em (sempre exibir imagens deste destinatário) então da primeira vez que enviar esqueça, não tem jeito, o que pode ser feito é utilizar o máximo de texto, lembrar de usar o alt tags sempre com criatividade, e incentivar o usuário a cadastra-lo em sua lista de contatos e, por esse motivo, use sempre o mesmo e-mail na criação do newsletter, com o tempo o bloqueio será reduzido.
  12. Teste seu e-mail com o serviço http://isnotspam.com, ele vai te indicar se você está utilizando palavras que podem ativar o filtro de span no subject ou no corpo do e-mail. É rápido, gratuito e ajuda um bocado para ter uma campanha mais assertiva.
  13. Por fim, mantenha sua lista sempre sadia, analise os resultados dos disparos, trate as reclamações. Quanto mais utiliza e cuida da sua lista melhor serão os resultados.

 

Então, acho que é isso.. claro que são muitas variáveis mas essas são algumas que podem ajudar mais facilmente.

 

Gustavo Caselato
guscaselato@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *